DOM HELDER CAMARA

Helder Pessoa Camara nasceu no dia 7 de fevereiro de 1909, na cidade de Fortaleza (Ceará). Foi ordenado sacerdote aos 22 anos, no dia 15 de agosto de 1931, festa de Nossa Senhora da Assunção. Sempre comtemplativo na ação, acreditava que a realidade nasce do sonho, que se concretiza através da palavra. Já em 1936, transfere-se ao Rio de Janeiro, onde continua sua ação apostólica no campo social e educativo. Irrequieto, idealizador e combativo, é eleito Bispo em 1952, permanecendo como Auxiliar na Arquidiocese do Rio de Janeiro.

 

Já antes de ser Bispo, estruturara a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Em seguida, ajuda a criar o Conselho Episcopal Latino-amerciano (CELAM). Em 1956, inicia a Cruzada São Sebastião, que se dedica aos moradores de favelas do Rio de Janeiro. Em 1959, funda o Banco da Providência, para atender aos mais carentes e excluídos. A sua liderança apostólica em favor dos mais desprotegidos leva a igreja, em 1964, a nomeá-lo arcebispo de Olinda e Recife, onde encontraria um imenso  campo para a sua luta em favor da paz, da justiça, e contra as múltiplas violências de opressão do ser humano.

 

A partir do Recife e percorrendo o mundo, anunciou e denunciou ao mundo as torturas e desrespeitos aos Direitos Humanos, pelos regimes totalitários, também no Brasil. Influenciou decisivamente o Concílio Ecumênico Vaticano II.

No Recife, abriu o Instituto de Teologia do Recife (ITER), com uma metodologia nova para a formação dos futuros padres e líderes da igreja: uma teologia viva e libertadora, segundo o espírito do Vaticano II. Criou a Comissão de Justiça e Paz, fundou o “Encontro de Irmãos”, a Operação Esperança, o Banco da Providência, incentivou a Ação Católica, as Pastorais dos diversos meios, a Campanha Ano 2000 sem miséria (1990) e tantos outros movimentos de Igreja e de Cidadania. Quando de sua aposentadoria, criou as “Obras de Frei Francisco”, que hoje é o Instituto Dom Helder Camara (IDHeC).

 

Em 10 de abril de 1985, por limite de idade, é substituído no Arcebispado de Olinda e Recife. Mas, por amor aos que sempre o buscavam como líder e orientador espiritual, permaneceu no Recife como Arcebispo Emérito, continuando a residir humildemente nos fundos da Igreja das Fronteiras. Faleceu em 27 de agosto de 1999. Sua sepultura está na Igreja da Sé de Olinda (Pernambuco).

Conheça o trabalho do Instituto Dom Helder Camara - IDHeC na preservação da memória de Dom Helder! Clique aqui!!

Leia algumas das crônicas de Dom Helder em seu programa Um Olhar sobre a Cidade na rádio Olinda! Clique aqui!!

© 1989-2017 por Cendhec. Criado por Alexandre Pachêco em conjunto com @s profissionais do Cendhec no Wix.com

Contatos:

+55 81 3227-7122 / 3227-4650 /

3227-7662 
Email: cendhec@cendhec.org.br 

Endereço: 

Rua Galvão Raposo, 295, Madalena, Recife, Pernambuco, Brasil

CEP.: 50610-330

Parceiros(as):

marcas conjuntas.jpg