Agosto das juventudes

As/os jovens que integram o projeto de formação política de Direito à Cidade do Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social encerram as atividades do mês de agosto com o vídeo “Um Olhar da Juventude”, produção que reflete, a partir das vozes das juventudes periféricas, os desafios que lhes estão postos diante de uma sociedade que atenta contra seus direitos mais básicos, sobretudo os da juventude negra, ainda mais marcada pelas desigualdades, pelo racismo estrutural, territorial e de gênero. Veja o filme no link: https://youtu.be/jHt_SB5gT3E #Juventudes#Negritude#JovemNegra#IdentidadeNegra#JuventudeeEducação #JuventudeeCidade#JuventudeseTrabalho

Equipe do Cendhec celebra parceria com o Fundo Malala e Paula Ferreira como ativista e defensora da

“Fui a primeira da minha família, materna e paterna, a concluir a educação básica e um curso superior. E entendo que esta é uma realidade que não podemos naturalizar se, de fato, quisermos fazer da educacão, no nosso país, um direito de todes - olhando com especial atenção a condição de acesso e permanência de meninas sobretudo aquelas mais vulnerabilizadas: as meninas negras, das periferias urbanas e rurais. Luto por isso!” Paula Ferreira, mulher negra moradora da Bomba do Hemetério, Recife. Pedagoga do Cendhec, integrante da Rede de Ativistas Pela Educação do Fundo Malala. No momento em que nos tornamos parceiros do Fundo Malala - instituição que apoia 53 organizações e 58 ativistas em 8

Cendhec lança edital para contratação de comunicadora.

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec) abre seleção para contratação de uma comunicadora para compor a equipe da organização com atuação no Programa Direitos da Criança e do Adolescente - DCA. Podem participar da seleção mulheres (cis ou trans) com graduação reconhecida pelo MEC em qualquer curso da área de Comunicação Social. As inscrições ficam abertas até o próximo domingo (30/8/20). A jornada semanal de trabalho é de 20 horas. A seleção acontecerá em três fases: análise curricular, textual e de portfólio; atividade de produção em comunicação e entrevista individual, que serão realizadas pela Coordenação Executiva. Para participar, as interessados/as devem e

Nota de repúdio do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI).

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (CENDHEC) como Centro de Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes apoia a Nota do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), articulador da Rede Nacional de Combate ao Trabalho Infantil em repúdio à fala do Presidente Jair Bolsonaro que voltou a fazer apologia ao trabalho infantil. O Trabalho Infantil é prática proibida pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei Federal Nº 8069 de 13 de julho de 1990 e pelo Artigo 227º da Constituição Federal de 1988. “Bons tempos, né? Onde o menor podia trabalhar. Hoje ele pode fazer tudo, menos trabalhar, inclusive cheirar um paralelepípedo de crack, sem problema n

Jovens do Programa Direito à Cidade fazem podcast sobre juventude,e suas lutas e como influenciam a

Arte: Vitória Alexandra A Organização das Nações Unidas (ONU) criou através da resolução 54/120 em 2009 o mês da juventude. Os/as jovens, integrantes do Programa Direito à Cidade do Cendhec criaram coletivamente uma série de produções onde refletem sobre o que é ser jovem no Brasil, no campo e na cidade. Esse é o primeiro podcast que trás o tema "O que é juventude, suas lutas e como essa juventude influencia a sociedade.". O tema é debatido com as convidadas, jovens mulheres, Emanuela Nascimento integrante e militante do Coletivo Escambo do município de Paulista e Vitória Genuíno, militante e integrante da Coordenação Nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Ouça o pod

Resultado segunda fase cadastro de reserva psicólogo/a

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec) divulga a lista de Profissionais classificados/as para a segunda etapa do processo seletivo. A seleção é para cadastro de reserva de um/a Psicólogo/a para compor a equipe do Programa dos Direitos da Criança e do Adolescente - DCA. Agradecemos a todos/as que participaram do processo seletivo. O resultado final da seleção será divulgado até 31 de agosto. Confira, abaixo, a lista em ordem alfabética: CAMILA REGINA DE OLIVEIRA ARAÚJO DENISE ANDRÉA FIGUEIRÔA DE OLIVEIRA DIANA MARIA DA SILVA LIMA DIEGO CARDOSO SILVA HERIDANE PATRÍCIA FERREIRA KAMILA LÚCIA SANTOS LUDMILA MENEZES DE OLIVEIRA LUIZA MARIA SANTOS FERREIRA PALOMA FRAGA DE

O que é ser jovem? A importância da luta das juventudes para as transformações sociais.

Arte: Vitória Alexandra No mês de agosto, considerado o mês das juventude, data criada através da resolução 54/120, por iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU), em 1999, muitas pessoas lançam a seguinte pergunta: ''O que é ser jovem?'' Pergunta fácil de responder, mas difícil de encontrar apenas em uma definição. Pois, ser jovem é querer ultrapassar limites, desprender-se das asas dos pais e das mães, ou seja, tornar-se independente. Ser jovem é querer correr contra o vento de cabelos soltos e sentir o gosto de liberdade percorrendo o corpo. O/a jovem muitas vezes é visto/a como irresponsável, em outros momentos também pode ser exigido que os/as mesmos se comportem como pessoas mad

Senado Federal: A educação pública exige um FUNDEB com CAQ.

O Comitê Diretivo da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, em nome da maior e mais ampla rede dedicada à defesa da escola pública no Brasil, solicita a aprovação integral do relatório do senador Flávio Arns (REDE-PR) à PEC nº 26/2020, dedicada a estabelecer o novo Fundeb. Como movimento que acumula mais de 20 anos de história e conquistas, sendo 18 deles dedicados à construção ampla, plural, sólida e rigorosa do CAQ, viemos a público, neste posicionamento público, fazer os esclarecimentos necessários para demonstrar sinteticamente a solidez conceitual, metodológica e jurídica do CAQ, pautada na inadiável necessidade de o Brasil consagrar o direito à educação, por meio da qualidade das c

Nota de repúdio Observatório Popular de Direitos Humanos - OPDH contra as ameaças sofridas pelo povo

O @cendhec apoia a nota de repúdio do Observatório Popular de Direitos Humanos - OPDH, pelas ameaças sofrida na data de 29 de julho de 2020, por lideranças do povo indígena Pankararu Brejo dos Padres/PE que foram "marcadas para morrer", momento em que requer providências por parte dos órgãos e autoridades responsáveis, para que seja imediatamente tomada todas as providência cabíveis, rotulando-se a Fundação Nacional do Índio – FUNAI, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, Ministério Público Federal/MPF, Defensoria Pública da União, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e Secretaria de Defesa Social do Estado de Pernambuco e a Polícia Federal –

Nota de repúdio e indignação do Fórum DCA/ Recife

O CENDHEC compartilha e apoia a nota do Fórum DCA Recife de repúdio e indignação frente à violação de direitos cometida por pessoas que no domingo 16/08/2020 no Recife, tentaram impedir o aborto em criança vítima de estupro, de apenas 10 anos, do Estado do Espírito Santo. Veja a nota na íntegra. Clique aqui

Cendhec lança edital para cadastro reserva de Psicólogo/a

Nos dias 19 e 20 de agosto, o Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec) está recebendo, para cadastro reserva, currículos de PSICÓLOGO(A para futuro contrato na equipe do Programa dos Direitos da Criança e do Adolescente – DCA. Profissionais que tenham formação superior em Psicologia com no mínimo 03 anos de experiência, além de outras características descritas no edital, podem participar da seleção. A jornada semanal será de 20 horas e o/a profissional selecionado/a para o quadro de reserva quando convocado, integrará a equipe do Programa Direitos da Criança e do Adolescente, que tem como objetivo“Garantir a promoção e defesa dos direitos humanos de crianças e adole

Nota conjunta: Quem responderá por nossas vidas.

O Centro Dom Heder Camara de Estudos e Ação Social (CENDHEC) expressa seu apoio à nota conjunta do Conselho Municipal de Educação - CME e do Conselho Municipal de Saúde - CMS de posicionamento pelo não retorno à aula presencial enquanto perdurar o estado de pandemia. Quem responderá pelas vidas da comunidade escolar? A quem serve a oferta do retorno das atividades escolares do Recife, na contramão da ciência, e apenas munido de protocolos, desprovidos das garantias científicas e técnicas das autoridades médicas e sanitárias? Sem a devida vacina ou outras medidas igualmente seguras, cientificamente referendadas, inexistirá a cura da Covid-19, que ainda vem tirando muitas vidas em todo mundo

ANCED lança nota de indignação e repúdio. Mãe perde guarda da filha por motivo de racismo e intolerâ

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e ação Social (Cendhec) expressa seu apoio à nota de indignação e repúdio da Associação Nacional dos Centros de Defesa (ANCED). Em 23 de julho policiais militares e membros do Conselho Tutelar se dirigiram a um terreiro de Candomblé em Araçatuba no interior de São Paulo e vitimaram uma mãe e sua filha adolescente de crime de intolerância religiosa, racismo e preconceito. A adolescente não passava por maus tratos e informou que estava em um ritual religioso mas nem polícia nem o Conselho Tutelar ouviram os argumentos. A justiça acatou a denúncia e retirou a guarda da mãe. Para ler a nota na íntegra, clique aqui.

O CENDHEC repudia violência contra o povo Pankararu.

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social – CENDHEC enquanto Centro de Defesa de Direitos Humanos repudia a violência contra o povo Pankararu onde no último dia 03 de agosto, 10 lideranças foram juradas de morte. Leia a nota de repúdio na íntegra, clique aqui #Pankararu #DireitosHumanos #PovosIndígenas #Demarcação #ViolênciaContraIndígenas #Indígenas #Pernambuco #Funai

Nota Pública do CEDCA/PE e CEAS/PE sobre o retorno às aulas presenciais em Pernambuco.

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e ação Social (CENDHEC), apoia nota pública do Conselho Estadual de Defesa de Direitos da Criança e do Adolescente – CEDCA/PE e do Conselho Estadual da Assistência Social – CEAS/PE, referente ao retorno às aulas presenciais e os impactos dessa ação na saúde das crianças e adolescentes no estado de Pernambuco O Cendhec concorda que “no atual estágio da Covid-19 no Brasil, convocar aulas presenciais contradiz as orientações protetivas, adotadas, mundialmente, e coloca em risco a vida de crianças e adolescentes, bem como de toda comunidade escolar e, consequentemente, impactará famílias e sociedade”, sobretudo famílias pretas e pobres, residentes em comunid

GAJOP publica nota de indignação e pesar.

O CENDHEC apoia a Nota de Indignação e pesar do Gabinete de Assessoria Jurídica às Organizações Populares – GAJOP, pela morte do adolescente Jhonny Lucindo Ferreira de 17 anos, morto por um tiro na cabeça depois de uma abordagem policial, no bairro de Rio das Velhas/ Prazeres - PE, no dia 05 de Agosto de 2020. O CENDHEC enquanto Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente se coloca à disposição da família e do GAJOP. Leia a nota de repúdio na íntegra

Resultado final da seleção de Assistente Social

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec) divulgou, na tarde desta sexta-feira (07), o resultado final do processo seletivo para a contratação de um/a assistente social para o Programa DCA. A profissional selecionada foi Alexsandra Maria da Silva Aos demais participantes da seleção, o Cendhec agradece o interesse e informa que os currículos serão guardados no banco de dados da instituição para novas oportunidades.

Classificação para a segunda etapa da seleção de Assistente Social

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec) divulga a lista de Profissionais classificados/as para a segunda etapa do processo seletivo. A seleção é para a contratação de um/a Assistente Social para compor a equipe do Programa dos Direitos da Criança e do Adolescente - DCA. Agradecemos a todos/as que participaram do processo seletivo. O resultado final da seleção será divulgado até 10 de agosto Confira, abaixo, a lista em ordem alfabética: ALANA ANSELMO CARNEIRO ALEXSANDRA MARIA DA SILVA ERIKA CORDEIRO DO RÊGO BARROS VALENTIM FERNANDA FELIPE DO NASCIMENTO BEZERRA GEIZE FERREIRA CAVALCANTE JAQUELINE MARIA DA SILVA MARLENE MUNIZ DA SILVA MIRELA CAVALCANTE VILAR LIMA THUANNY

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 1989-2017 por Cendhec. Criado por Alexandre Pachêco em conjunto com @s profissionais do Cendhec no Wix.com

Contatos:

+55 81 3227-7122 / 3227-4650 /

3227-7662 
Email: cendhec@cendhec.org.br 

Endereço: 

Rua Galvão Raposo, 295, Madalena, Recife, Pernambuco, Brasil

CEP.: 50610-330

Parceiros(as):

marcas conjuntas.jpg