Please reload

Posts Recentes

Sessão Solene homenageia 30 anos do Cendhec

November 14, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Autoproteção de crianças e adolescentes foi tema de oficinas em Tuparetama

July 26, 2018

 

O Cendhec, juntamente com o Grupo de Estudos, Pesquisas e Extensões no Campo da Politica da Criança e do Adolescente (Gecria), realizou nesta semana, em Tuparetama, município do Sertão do Pajeú (a 376 km do Recife), oficinas temáticas com o tema "Autoproteção de crianças e adolescentes como estratégia de enfrentamento à violência sexual". A atividade integrou o projeto extensionista "UFPE no Meu Quintal", desenvolvido pela Pró-Reitoria para Assuntos Estudantis (Proaes) da Universidade Federal de Pernambuco.

 

Na oportunidade, o Cendhec levou a discussão sobre o tema da autoproteção de crianças e adolescentes, que é tema da Campanha pelos Bons Tratos de Crianças e Adolescentes. 

 

Na terça-feira (24), foram realizadas oficinas para 70 crianças do Ensino Fundamental 1, da Escola Padre Adelmo, da Rede Municipal. A mascote da campanha, Florisbela Sorriso, participou da oficina e fez a distribuição da revista em quadrinhos da campanha: "A Máquina da Transmutação: Construindo a cultura da Autoproteção". A tarde, a atividade ocorreu com a participação de adolescentes.

 

Na quarta-feira (25 de julho) a atividade reuniu profissionais que atuam na Rede de Enfrentamento a Violência contra crianças e adolescentes, incluindo CRAS, CREAS, Conselho Tutelar, Conselho de Direitos e organizações da sociedade civil.

 

Participam das oficinas: Michelle Rodrigues (Assistente Social - Cendhec); Alana Anselmo Carneiro (Assistente Social - Pesquisadora do Gecria-UFPE), Maria Eduarda de Lima Brito e Rayana Karen de Albuquerque Rocha (Estudantes de Serviço Social UFPE e integrantes do Gecria).

 

SOBRE O PROJETO

 

O projeto UFPE no Meu Quintal apresenta a oportunidade aos discentes de agregarem novas vivências em educação experiencial, levando às populações carentes do interior do estado contribuições nas mais diversas áreas de formação, com o objetivo de estimulá-los a desenvolverem suas competências e habilidades, em atividades relacionadas à orientação de práticas acadêmicas.

 

Durante a semana foram desenvolvidas atividades em seis eixos de atuação: meio ambiente; tecnologias sociais e desenvolvimento humano; saúde; educação; cultura; e justiça e cidadania. 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga