August 31, 2020

Please reload

Posts Recentes

ANCED lança nota de indignação e repúdio. Mãe perde guarda da filha por motivo de racismo e intolerância religiosa.

August 13, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Seminário em Recife discutirá os 29 anos do ECA

September 30, 2019

 

No dia 11 de outubro, das 8h às 18h, será realizado, na Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Educadores do Recife (EFAER), um seminário com o tema "Estatuto da Criança e do Adolescente 29 anos depois: tempos sombrios e horizontes de resistência". As inscrições são gratuitas e para participar os/as interessados/as devem preencher o formulário online, clicando aqui


O evento é uma realização da Gerência da Criança e do Adolescente, da Prefeitura do Recife; do Grupo do Estudos, Pesquisas e Extensões no campo da Política da Criança e do Adolescente, da Universidade Federal de Pernambuco (Gecria/UFPE); e da Escola de Conselhos de Pernambuco, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).


A mesa de discussão inicial abordará os avanços e as conquistas realizadas por meio do Estatuto da Criança e do Adolescente, seguida de debate. Para facilitar essa discussão, estarão presentes o coordenador da Escola de Conselhos de Pernambuco, Humberto Miranda; a professora Valéria Nepomuceno, do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre a Política da Criança e do Adolescente (Gecria/UFPE); e Helena Janssen, do Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR).


Após o almoço, a programação é retomada com a discussão da diversidade das infâncias frente ao contexto de avanço do conservadorismo. Para construir esse momento, foram convidados os gerentes da Criança e do Adolescente, Eduardo Gomes, e o da Livre Orientação Sexual, Wellington Pastor, ambos da Prefeitura do Recife; Maria do Carmo Alcântara Silvestre, do Projeto “Empodera: Hoje Menina Amanhã Mulher”; e Gustavo Filizola, doutorando em educação pela UFPE.

 

A terceira e última mesa tratará sobre as ameaças de retrocessos em relação aos direitos infanto-juvenis e a construção da resistência. Medidas socioeducativas, redução da maioridade penal e o congelamento de recursos para políticas públicas estão entre os pontos que serão abordados. Essa discussão contará com as presenças do coordenador do Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec), Ricardo Oliveira; da articuladora do Canal Futura, Cinthia Sarinho; e do coordenador do Fórum Direitos da Criança e do Adolescente (DCA/Recife), Pedro Ribeiro.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags