• Cendhec

Nota sobre atos e ataques contra a Democracia


O mundo atravessa uma pandemia sem precedentes e os relatos sobre o colapso do sistema de saúde são notícias em todos os países que enfrentam o Covid-19. Mas, no caso do Brasil, além dos danos e vítimas da infecção, temos que repudiar atos e ataques à democracia.

Em vários estados do país foram organizadas manifestações em apologia ao Golpe Militar de 1964. Salta aos olhos a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e os registros jornalísticos de sua participação dão conta de uma apologia ao ódio.

Nós, signatários do legado de Dom Helder Camara – então arcebispo de Olinda e Recife, defensor reconhecido dos direitos humanos, somos um centro de defesa e repudiamos qualquer manifestação e apoio à ditadura civil-militar de 1964.

Defendemos, intransigentemente, a dignidade humana, valor registrado na Declaração Universal dos Direitos Humanos e ampliados nos pactos dos direitos civis e políticos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes