• Cendhec

Nota de Pesar pelo falecimento da líder comunitária Heunar Santos


O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec) lamenta o falecimento da líder comunitária Heunar Santos. Exemplo de luta, ela foi a primeira mulher que coordenou o Plano de Regularização das Zonas Especiais de Interesse Social (Prezeis) e participou, ativamente, dos movimentos populares.

Moradora da Zeis Greve Geral, no Ibura, em Recife (PE), iniciou essa trajetória a partir da necessidade de moradias na comunidade. Por meio do Prezeis, obteve várias vitórias, como a conquista da permanência de famílias na área, a participação de diversas organizações sociais na melhoria da lei referente ao Plano, a urbanização e legalização da posse de terra, assim como políticas públicas alcançadas via mobilização comunitária.

Em 2017, durante uma entrevista concedida à Equipe Técnica de Assessoria, Pesquisa e Ação Social (Etapas), a líder ressaltou a importância de envolver mais pessoas nessa causa a fim de que a luta continue. "Nós não somos permanentes, a gente precisa pensar, também, no amanhã e deixar os nossos frutos", afirmou.

É dessa forma, que nós, do Cendhec, registramos, aqui, a importância do legado deixado por Heunar e compartilhamos toda a nossa solidariedade à família.

Posts Em Destaque
Posts Recentes