• Cendhec

Nota de Pesar | Falecimento da militante Margarida Jerônimo


O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec) lamenta o falecimento da militante Margarida Jerônimo, ocorrido no último sábado (20), na cidade do Recife (PE), em decorrência da covid-19. Mulher forte que, ao longo da sua caminhada, lutou pelos direitos de todos e todas e, de modo especial, pela igualdade de gênero. Margarida, que também é o nome de outra importante mulher que lutou pelos direitos humanos no Brasil, mostrou que sensibilidade para acolher e força para lutar andam perfeitamente juntas. Tantas mulheres periféricas, negras, chefes de família foram o motivo do seu constante trabalho de educação popular e de luta feminista. Seu legado será lembrado por todas as pessoas que, por meio da sua coragem, tiveram a vida tocada. É dessa forma, que nós, do Cendhec, registramos, aqui, a importância da história escrita por Margarida e compartilhamos a nossa solidariedade à família, ao Grupo Mulher Maravilha, às Promotores Legais Populares, Fórum de Mulheres de Pernambuco e ao Movimento Nacional dos Direitos Humanos em Pernambuco.⁣ Margarida presente!

Posts Em Destaque
Posts Recentes