• Cendhec

"É preciso defender a vida do nosso povo negro", afirma educadora social


A pandemia expôs, mais fortemente, as desigualdades sociais existentes nos quatro cantos do país. Nas comunidades quilombolas, por exemplo, ser e fazer resistência é algo que se aprende desde muito cedo e, neste momento, tais posturas são ainda mais necessárias. ⁣ ⁣ Confira, no vídeo, o depoimento da jovem Marta Rodrigues, educadora social que vive em um dos territórios quilombolas no município de Santa Maria da Boa Vista (PE). Ela integrou o projeto Fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos, executado pelo Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec), que tem como público comunidades quilombolas no Sertão pernambucano.⁣

Assista o vídeo, na íntegra, abaixo:

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 1989-2017 por Cendhec. Criado por Alexandre Pachêco em conjunto com @s profissionais do Cendhec no Wix.com

Contatos:

+55 81 3227-7122 / 3227-4650 /

3227-7662 
Email: cendhec@cendhec.org.br 

Endereço: 

Rua Galvão Raposo, 295, Madalena, Recife, Pernambuco, Brasil

CEP.: 50610-330

Parceiros(as):

marcas conjuntas.jpg